19 abril 2015

Trilogia Divergente


Sabe quando você se apaixona por uma historia? E esta louca para ver seu desenvolvimento que acaba lendo tudo de uma vez só?? Foi o que aconteceu comigo lendo a trilogia, me apaixonei pelos personagens, historia, cenários, enfim.. tudo.  E vou contar um pouquinho do que eu achei dessa distopia.


Trilogia Divergente Trilogia Divergente Trilogia Divergente

Divergente

Quando comecei a ler Divergente logo me apeguei a Tris (Beatrice Prior), uma garota que quer/tenta ser corajosa, mas também altruísta, e que ainda não sabe bem qual é o seu lugar na sociedade. E é por ela que conhecemos uma Chicago Futurista que por causa de uma grande guerra a sociedade foi dividida em cinco facções: Abnegação (Facção de Tris), Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição, e cada facção valoriza algo em especial como: a Abnegação o Altruísmo, Amizade a paz, Franqueza a verdade, Audácia a coragem, e a Erudição a inteligência.

Tris precisa escolher em qual delas pretende viver, o problema é que no teste de aptidão, seus resultados são inconsistentes, ou seja, invés de uma facção ela tem aptidão para três, ela é divergente e ser divergente é algo muito perigoso e agora ela precisa escolher uma facção para se morar e se esconder. No dia da escolha ela surpreende a todos escolhendo a audácia, e é nela que Tris passa de uma garota frágil da abnegação para uma garota forte e determinada, que aprende  a lutar, atirar facas, se torna uma das melhores iniciadas e também se envolve com seu instrutor, Quatro.

E é durante todas essas mudanças, Jeanine Matthews líder da Erudição tem o propósito de conseguir o poder que esta nas mãos da antiga facção de Tris, A abnegação. E assim uma nova guerra começa, e Tris precisa escolher em que lado vai lutar.

Trilogia DivergenteTrilogia Divergente

Insurgente

É o livro que eu mais gosto da trilogia, nele Erudição esta no poder e quer todos os divergentes mortos, já eles são um perigo para o sistema. Assim Tris e quatro saem da cidade e vão para o complexo da amizade para tentar se esconder e conseguir planejar algo. Diferente do primeiro livro, as facções se aliam uma as outras e os membros da audácia se dividiram entre a franqueza e a erudição.

É durante esses acontecimentos que conseguimos ver o amadurecimento dos personagens, que mesmo diante da tristeza de ver sua família e amigos morrendo e das traições que em determinados momentos chegaram a me surpreender, seguem em frente para lutar contra Jeannine. É nele também que conhecemos melhor os personagens, principalmente Quatro que mostra verdadeira historia de sua família e novos personagens que serão muito importantes para o desenvolvimento da história. Eu particularmente amei o final, quando li fiquei surpresa eu realmente não esperava por aquilo, o que me fez ficar louca para saber o que ia acontecer!! 
Trilogia DivergenteTrilogia Divergente

Convergente

Bom eu ainda tenho sentimentos conflitantes com esse livro, eu gosto ele, mas odeio o final, para mim a historia poderia ter um rumo diferente...

Nele vemos o que finalmente tem além de Chicago, pois ela esta agora sobre o poder dos sem facção e isso não é bom, então o único jeito é sair e ver o que realmente tem lá fora.
O problema é que o que eles vêem é um mundo totalmente diferente em que eles novamente não se encaixam, sentimentos do passado retornam, Tris descobre coisas sobre sua mãe que são inimagináveis, erros são cometidos e eles precisam se adaptar e novamente descobrir sobre suas vidas,  sentimentos e dos problemas da nova sociedade.

Outro problema é que quando tudo parece estar se encaixando a autora vai e torna o final revoltante. Apesar de algumas pessoas gostarem do final eu realmente achei desnecessário, o enredo tinha tudo para ser incrível, mas deixou a desejar no final, alguns problemas não foram resolvidos e explicações ficaram confusas. Convergente é um livro bom, mas faltaram algumas coisas para que eu finalizasse a trilogia com o mesmo sentimento de entusiasmo que comecei.
Enfim.... A trilogia é muito boa, mas eu particularmente gostaria de um final diferente, me conectei com a Tris e seus desafios de amadurecimento e de conseguir se definir e definir seu lugar no mundo. Os personagens são muito bons e intensos, principalmente Quatro que conhecemos melhor a cada livro.
Eu recomendo a leitura, como toda distopia Divergente trás criticas a sociedade que impõe quem e como devemos ser e mostra como conseguimos nosso lugar no mundo através de nossas escolhas. 

Trilogia Divergente Trilogia Divergente

Nenhum comentário:

Postar um comentário